quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

.68 - Parabéns para mim!



É verdade, hoje faço 18 anos e já sou considerada uma adulta perante a sociedade. Já posso votar, já posso tirar carta de condução (estou a tratar disso!) e o mais importante, já posso ver filmes para maiores de 18! (ehehe, joke). 
Tanto tempo a pensar como iria ser este dia, o que ia fazer, o que ia mudar em mim. Penso que hoje vou almoçar com o meu pessoal e depois tenho que ir à explicação de Matemática. Depois disso talvez vá ao cinema ver o "Django" e à noite ainda nem sei se vou ter bolo porque no sábado vou fazer um jantar para os mais chegados. 
Lembro-me de ser bem pequenina e desejar chegar aos 18 anos para fazer tudo o que quisesse e bem entendesse, mas penso que não será assim. Vivo com os meus pais e tenciono viver com eles pelos próximos anos. Adoro-os e quero ficar com eles o máximo tempo que puder apesar das coisas que acontecem de vez em quando com o meu pai.
Uma das primeiras coisas que vou fazer (quando tiver tempo, claro) vai ser dirigir-me ao hospital para doar sangue e a medula. A minha tia é enfermeira e contou-me como é que fazem para doar a medula (caso sejamos compatíveis) e assustou-me, mas depois pensei que se fosse eu que precisasse também ia gostar que alguém fizesse aquele gesto por mim! :D Penso que vai ser a boa acção do ano e que vai ser uma boa maneira de começar os meus 18 aninhos!
E para "um brinde" a que este ano seja um óptimo ano e que melhore em muitos aspectos e que também me dê uma boa imaginação para escrever aqui no blog! 

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

.67

Hoje tive apresentação de Português e a professora gostou imenso do meu trabalho com o P.! O nosso trabalho foi sobre D. João I de Portugal e sua mulher D. Filipa de Lencastre assim como os seus filhos que são a Ínclita Geração. Foi um trabalho que ao contrário do que eu pensava que poderia acontecer, foi muito interessante de fazer. Adorei pesquisar e saber mais sobre a história do nosso país e acho que fiquei um pouco mais patriota até! Como o nosso país já foi tão grande e agora é tão pequeno... 

sábado, 19 de janeiro de 2013

.66

E a pergunta é:
Será que fiz bem em perdoar-te?

Após um ano esta pergunta não me sai da cabeça e ainda não esqueci, de todo, o que aconteceu, o que passei, o que sofri e o que ainda sofro com aquilo. Será que era mais feliz se não te tivesse perdoado e as coisas ficassem por ali? Será que ia ser mais infeliz? Talvez fui estúpida ao ponto de te ter aceite logo quando me pediste para voltarmos, que estava tão cega por querer-te de novo comigo que disse "sim!"... A verdade é que não consigo esquecer o que me fizeste, e não sei se algum dia irei esquecer. É como se todos os dias, quando me lembro, alguém me apunhalasse o coração e quando a ferida está perto de sarar, apunhalam de novo... Uma relação é feita à base de confiança e tu destruíste-a. Embora faças de tudo e mais alguma coisa para voltar a recuperá-la já nada será o mesmo. Eu sei que isso já aconteceu há um ano e que já namorámos há quase dois, mas... eu não sei o que fazer. Estou farta de estar sempre desconfiada do que vais fazer, com quem é que vais fazer, o que fizeste quando não estavas comigo. Estou farta...


quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

.65

Conversas de pai e filha:
Pai: Temos que ver este filme ao cinema. Vê aí os horários na internet.
Eu: Ora bem... "00:30-Hora Negra" tem às...
Pai: 00:30?! Só tem a essa hora?!
Eu: Papá, o nome do filme é mesmo "00:30..."!


Fiquei super surpreendida por o meu pai ter querido ir ao cinema, especialmente comigo! Ele não é nada de cinemas!
Hoje foi dia de compras, comprei uns brincos e um porta-moedas na Parfois. O meu irmão comprou-me um colar também da Parfois e descobri (ihihih) que o meu namorado me vai oferecer o mesmo colar mas de outra cor.
Os brincos que comprei!
O colar que o meu irmão me ofereceu (e o meu boy vai oferecer-me em dourado).

Agora deixo-vos com este vídeo extremamente bom. Há pessoas incríveis! :D*

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

.64


Olá minhas lindas. 

Desculpem no outro dia não ter ido visitar o vosso blog, mas aconteceu muita coisa e não deu mesmo.
Estou a adorar dar Os Lusíadas, de Luís de Camões, e nunca pensei que fosse gostar tanto até porque nem gosto muito de poesia, muito menos de ler obras na aula. Nunca pensei que fosse tão difícil ter uma boa nota na disciplina de Português no 12ºano, mas ultimamente tenho estudado imenso e pela expressão da professora, estes últimos dias ela tem gostado da minha prestação na aula. Tenho feito todos os trabalho e estudado imenso em casa. O mesmo se aplica para Matemática! E sabem que mais? Sinto-me bem assim, sinto-me óptima quando sei e percebo a matéria!

Era suposto hoje ir tirar fotografias para depois passar na escola de condução para me inscrever, mas a resposta do meu pai é sempre a mesma "Amanhã vamos!". Começo a passar-me com ele, porque quando é para as coisas dele, ele nem pensa um segundo e vai logo, mas quando é para as minhas coisas eu tenho que esperar, e estou mesmo muito desejosa de tirar a carta de condução!

domingo, 13 de janeiro de 2013

.63

Ontem foi a festa de aniversário do meu irmão! Já não estava com ele no seu aniversário há quatro anos e fui muito bom estarmos todos juntos. Vieram cá os amigos dele, fizemos uma "churrascada" e imensos bolos e pudins. Mas ontem à noite também tínhamos um jantar de família em casa de um tio meu. E o que aconteceu? Comi demasiado e não foi de madrugada para o hospital por pouco. Acordei a meio da noite com uma paragem de digestão. Sentia o estômago pesado e tinha vontade de vomitar, mas pensei que ia acabar por passar. Passado um bocado estava na mesma e começava a ter muito calor e depois muito frio. Acordei a minha mãe e ela disse que era melhor eu vomitar, porque eu não estava a conseguir fazer a digestão, e se eu vomitasse e não ficasse melhor, então tínhamos que ir para o hospital. Felizmente depois disso fiquei melhor*

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

.62

Apesar de já se terem passado praticamente 5 dias após o início do ano adorei esta imagem:
Que vocês tenhas todas um excelente ano com tudo do melhor principalmente saúde, porque sem isso não conseguimos fazer nada. Também com muito amor e claro que neste tempo de crise o que queremos é algum dinheirinho.

Outra imagem que vi hoje e que adorei foi esta:
É uma grande verdade e eu já fui assim, do tipo de pessoas que dava confiança muito depressa a pessoas que não mereciam. Era honesta mas não tinha isso de volta. Por isso talvez sou como sou hoje em dia e não consigo confiar nas pessoas de um momento para o outro, é preciso mesmo muito tempo. Nunca sabemos em quem devemos de confiar. Há aquelas raparigas que são muito "pipis" e bem arranjadas e parecem convencidas que até podem ser pessoas muito boas, e depois há aquelas raparigas que são muito tímidas, não falam com ninguém e quando nós tentamos ser amigas delas porque vemos que ela está ali sozinha... PIMBA! Sai a maior sonsa e falsa de todos os tempos!

Bem, amanhã eu e a minha família vamos almoçar à casa do meu namorado juntamente com a família dele. Isto vai ser divertido, eheheh!*